Qual o poder do seu apego?

Escrito por em 28 de novembro de 2018

Você conhece o poder do seu apego? Apesar da tomada de decisão ser algo desafiador, ela é praticamente impossível para quem sente apego excessivo. O problema é a perda da sua capacidade de agir com prontidão quando é necessário, levando você a situações que poderiam ser evitadas. Vamos falar mais sobre isso?

 

É inegável, fazer escolhas pode ser um processo desafiador, porque ajustes sempre existirão. Mas essa dificuldade é intensificada quando deixamos que o apego seja o protagonista das nossas vidas.

Quer seja por uma situação, pessoa ou local o apego passa uma falsa sensação de segurança. É exatamente esse sentimento que impede que sejam tomadas decisões necessárias, que iriam permitir o nosso crescimento com pessoas.

Um bom exemplo disso é estar em um relacionamento no qual não existe nenhum sentimento que una o casal, além do apego e da comodidade.

Nesses casos, é comum que as pessoas pensem em terminar. Mas na hora de tomarem a decisão, refletem em tudo que iriam “perder”  e desistem de dar o passo, que poderiam levá-las para outro relacionamento mais saudável e pleno.

É sobre essa dificuldade de tomar decisões e de romper com o apego que iremos conversar hoje. Vamos começar?

 

Como lidar com o apego

Para conseguir romper com as limitações que o apego provoca  e tornar a tomada de decisão mais fácil, é preciso investir no fortalecimento pessoal para que as escolhas possam fluir de maneira natural.

Quando você identifica quais são os seus desejos e objetivos, a tomada de decisão começa a acontecer de uma forma mais simples.

Ainda mais porque, ao se fortalecer, você não terá mais medo de mudar os aspectos da sua vida ou de sair de situações que não agregam mais valor para você.

 

Do luto a renovação

É preciso ter em mente que o luto e a renovação caminham de mãos dadas. Nesse sentido, é necessário encarar todas as consequências da sua tomada de decisão, sejam elas positivas ou negativas, para conseguir atingir a verdadeira mudança.

São as consequências das nossas escolhas, que criam o ambiente propício para o nosso crescimento pessoal. Se ficarmos apegados a determinadas situações, nunca poderemos alcançar a nossa maturidade.

Apesar de ser um caminho cheio de obstáculos e desafios, ele é crucial para qualquer pessoa que deseja ter uma vida plena e alimentar a sua essência. Sem isso, você pode ficar preso a situações e pessoas que não lhe farão bem algum.

 

Como encontrar o equilíbrio

Romper com o apego e aprender a tomar decisões sempre que necessário, só é possível quando investimos no autoconhecimento. A psicanálise pode ajudar nesse processo através da terapia.

Por meio dela, você poderá encontrar o equilíbrio entre a morte e o renascimento de determinadas situações. Afinal, você será capaz de saber quando algo é bom ou não para o seu crescimento enquanto pessoa e para alcançar a sua plenitude.

Sem ajuda, você dificilmente poderá se libertar do apego e terá que permanecer a mercê das decisões que terceiros tomam por você. Isso não proporciona benefícios para ninguém.

 

Agora que você conhece todo o poder que atribui ao apego, o que acha de começar a tomar as rédeas da sua vida? Diferente do que você pode imaginar, colocar as suas necessidades diante das de outra pessoa às vezes é crucial para o seu crescimento.

Não tenha medo de enfrentar novas situações, serão elas que irão ajudar você a se autoconhecer e a descobrir o que realmente deseja para a sua vida.

Devido a complexidade desse processo, não deixe de procurar um especialista para ajudá-lo em todo o momento. Lembre-se: você não precisa enfrenta essa fase sozinho.


Tagged as , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,



Comentários

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *



Continue lendo

Post anterior

A tal pressa


Thumbnail