Buscar seu sentido é o caminho mais feliz

Escrito por em 15 de setembro de 2017

O que passa dentro de você neste exato momento? O que vale mais para você?  O que te conecta ao mundo? Se apropriar da nossa verdade mais íntima é tão profundo e tão ameaçador. Sabe por que? Esquecem de nos ensinar que todos nós temos força, potencial e que é saudável você dizer para o outro o quanto ele é importante.

Assim, aprendemos a nos esconder. Aprendemos a mentir para nós mesmos e de repente a vida passa em um piscar de olhos. Perdemos pessoas queridas, deixamos de ter contato com quem esteve sempre presente em nossas vidas. Perdemos o brilho no olhar e ficamos na defensiva para nos proteger de nossa própria fragilidade. O que é isso? Nada mais do que uma grande perda de oportunidade de ser você e de acreditar na sua transformação.

Desafios, feridas emocionais todos nós temos. Cada tem uma história e um processo de estar no mundo. Te proponho a rever a sua história, ressignificando o que não lhe serve mais. Quando falo disso me lembro da bolsa reciclável que comprei para minha filha. Foi feita de caixinha de leite. Que bolsa linda! Bom aproveitamento daquilo que poderia ir para o lixo.

Podemos aproveitar as experiências, extraindo delas a sua melhor parte. Podemos ser criativos e planejar a nossa vida de forma consciente e agradável. Trabalhando com idosos e pesquisando a área do envelhecimento, pude experimentar ver a vida de “trás pra frente”. Os idosos me ensinaram que vale a pena construir as nossas relações afetivas e que buscar um sentido pessoal de estar aqui é um bem que não tem preço. Só o exercício de buscar esse sentido já nos faz feliz. E ao fazermos isso, quando menos esperamos, vem uma plenitude incrível em encontrar ou uma sensação agradável no caminho e nas respostas dessa busca.

Dra. Vannessa Resende


Tagged as , , , , , , , , , , , , , ,



Continue lendo

Próximo post

A tal pressa


Thumbnail


Cart

View cart